Ouça Na radiosnet

quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Flamengo e Cobreloa do Chile disputaram o título  da Libertadores de 1981, em três partidas cruéis.
Foto: Curiosidades do Futebol
Após a derrota de 2 x 1 no jogo de ida, os chilenos venceram em Santiago por 1 x 0, o zagueiro Mario Soto, do time chileno, abriu os supercílios de Adílio e Lico, com uma pedra que levava na mão - outras versões apontam que o objeto era um anel afiado.

O regulamento da época previa uma terceira partida em campo neutro em caso de vitórias (ou dois empates) para ambos os finalistas, e justamente em função dos ferimentos, Lico teve de ficar de fora. A finalíssima ocorreu em Montevidéu e, após o Flamengo ter assegurado a vitória por 2 x 0, o técnico Paulo César Carpeggiani colocou em campo o atacante reserva Anselmo, somente para agredir o zagueiro.
Foto: acervo rubronegro
Obediente, Anselmo soltou a mão. Sentindo a força do soco de Anselmo, Soto acabou desmaiando; o atacante deixou o campo tão logo que bateu no chileno, que também foi expulso.

0 komentar:

Postar um comentário

Assine nosso canal - Youtube

#VemComNós

Os maiores campeonatos do planeta você ouve aqui!

Parceiros

Resenha Esportiva