Ouça Na radiosnet

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Foto: Acervo Gigante da Colina
O Vasco não nasceu de pai e mãe. Foram paus e mãos que o ergueram. Trocou o berço de ouro pelo braço do povo. Os louros da vitória pelos negros da história. Negrito, o chamavam. O Vasco nasceu num bom samba no pé! (Garone).

Em 21 de Agosto de 1898, foi fundado na cidade do Rio de Janeiro, como Clube Náutico, tendo aderido ao futebol em 1915, numa fusão com o Lusitânia FC, o Clube de Regatas Vasco da Gama.

Fundado por 63 rapazes da colônia portuguesa no Brasil, como clube de Remo, no bairro da Saúde.
No futebol fez a sua estréia no dia 3 de maio de 1916, perdendo para o Paladino por 10 a 1.

Vasco carrega a Cruz da Ordem de Cristo, símbolo utilizado nas velas das naus portuguesas. Inicialmente, a intenção dos fundadores era utilizar essa cruz no emblema. Acabaram colocando uma Cruz Pátea. Chamaram de Cruz de Malta. O Vasco reinventou a heráldica!

A Cruz Pátea presente no escudo e camisas foi eternizada na linguagem como Cruz de Malta (que é da família das cruzes páteas), mas na verdade é muito diferente, bifurcada nas pontas e sinceramente muito esquisita.

Heráldica é um campo da ciência que estuda a origem e significado de símbolos e emblemas. Vasco acertou na escolha. Pegou a cruz mais bonita, escolheu o nome mais sonoro e saiu ganhando a parada toda. Não importa o nome da cruz, importa é o milagre que ela faz.

Há 121 anos era fundado no Rio, o primeiro clube a conquistar uma taça no exterior para o futebol brasileiro, o único a fornecer seis jogadores titulares para a seleção em um jogo de Copa, o clube que revelaria os três maiores artilheiros do campeonato nacional.

Há 121 anos era fundado no Rio, o clube de Nelson da Conceição, Russinho, Fausto, Barbosa, Augusto, Danilo, Ademir, Bellini, Vavá, Pinga, Sabará, Geovani, Germano, Romário, Edmundo, Juninho, Felipe. O Vasco de Roberto. O Vasco de tantos e tantos outros.

Ha 121 anos o clube dos Camisas Negras, do Expresso da Vitória, o time Super-Super Campeão, o time da intransponível Barreira do Inferno, a SeleVasco, o Campeão no Centenário, o Trem-Bala da Colina. (J. Almirante)

Vasco, foi Campeão Carioca pela primeira vez 1923, tem 24 títulos estaduais.

Foi 12 vezes campeão da Taça Guanabara e 10 vezes da Taça Rio.

Campeão Carioca da Série B em 1922, e campeão 10 vezes do Torneio Início.

Campeão Brasileiro em 1974,1989,1997 e 2000 e campeão da Série B em 2009.

Vasco foi Campeão da Copa do Brasil em 2011.
Conquistou a Taça Libertadores da América em 1998.

Conquistou a Copa Mercosul 2000 e Sul-Americano de Campeões em 1948.

Foi Campeão do Torneio Internacional de Paris em 1957.

0 komentar:

Postar um comentário

Assine nosso canal - Youtube

#VemComNós

Os maiores campeonatos do planeta você ouve aqui!

Parceiros

Resenha Esportiva