Ouça Na radiosnet

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Trenzinho do Fla/foto: Pedro Vale
Grêmio começou o jogo marcando bem avançado e impedindo o Flamengo de sair a bola e exercer a pressão habitual. Jogo com bastante bola longa no início, fora das características dos dois times. Às apostas eram na velocidade de Everton Cebolinha e Bruno Henrique.

Quando conseguiu superar a primeira linha de pressão do Grêmio, Flamengo encontrou espaço como quando Arrascaeta roubou a bola e arrancou. Jogada terminou em conclusão de Gabigol fraca.

Melhor chance do jogo para o Grêmio foi em um erro de Everton Ribeiro. Entregou o contra-ataque para Alisson atento para pegar a defesa aberta. A bola cruzada de Everton Cebolinha perigosa terminou em defesa de Diego Alves. A bola sobrou para Maicon que assustado, chutou fraco para defesa de Diego Alves. Estratégia de Renato de marcar alto dava frutos.

Marcação do Grêmio impôs dificuldades como não tinha visto o Flamengo de Jesus sofrer. Mas, como já disse, existia espaço quando a primeira linha era superada. Foi assim quando Everton conectou Rafinha para belo cruzamento para Bruno Henrique. Ponta muito ligado no jogo.

Grande Recuperação

Início de jogo mostrou o quão foi importante para o Flamengo a recuperação de Rafinha. Muito bem na marcação de Everton que é um jogador dificílimo de parar, além de contribuir ofensivamente.

Flamengo 1 x 0 Grêmio

Jogada impressionante de Bruno Henrique. Arrancada lá de trás, deu o passe para Gabigol e apareceu para completar para o gol. A pressão do Grêmio na frente foi eficiente, mas deixou espaços normais atrás, e desta vez foi fatal.

Foi um primeiro equilibrado em termos de disputa no meio-campo, de marcação pressão, e taticamente. Mas o Flamengo teve mais conclusões a gol (5 contra 1) porque seus homens de frente tiveram mais talento para aproveitar os espaços que se apresentaram.

Segundo tempo

Flamengo 2 x 0 Grêmio

Detalhe para a origem do escanteio que gerou o gol com a pressão de Bruno Henrique sobre Geromel. O atacante talvez seja o que melhor aprendeu a fazer essa marcação. É o protagonista hoje e melhor jogador da campanha da Libertadores até aqui.

Flamengo 3 x 0 Grêmio

Pênalti claro em Bruno Henrique que Gabigol bateu com tranquilidade. Início avassalador do Flamengo no segundo tempo, no estilo Jesus, sem desistir de atacar porque está em vantagem. É um time vertiginoso o tempo inteiro. Vaga muito perto de estar definida.

Início avassalador do Flamengo no segundo tempo, com dois gols em menos de 15 min, é no estilo Jesus. Time que vai para cima do adversário para matar mesmo com vantagem no placar. Futebol é busca do gol, do jogo, incessantemente por 90min.

Flamengo 4 x 0 Grêmio

E o Flamengo consolida sua goleada com Pablo Marí de cabeça. Sejamos sinceros, no confronto dos dois jogos, foi superior quase o tempo inteiro, o Grêmio conseguiu equilibrar por alguns minutos. Um time é muito melhor do que o outro e o placar reflete isso.

Flamengo 5 x 0 Grêmio

Que passeio no Maracanã? Rodrigo Caio de cabeça, faz o quinto do Flamengo no Maracanã. A torcida do Grêmio começou a ir embora nesse momento.

Grêmio que foi tão competitivo no primeiro tempo fez um segundo tempo totalmente desordenado. Até no seu forte que eram as bolas aéreas tomou dois gols no primeiro pau. Foi atropelado e está até atônito no jogo.

A torcida do Flamengo fez àquela OLA, cantando olé e pedindo mais um em uma semifinal de Libertadores faltando dez minutos para acabar o jogo. Definitivamente, isso não estava no script de ninguém que fizessem previsões para o time para esse ano.

Everton Cebolinha conseguiu enfim uma conclusão, de fora da área, para defesa de Diego Alves. Auxiliado pelo sistema de marcação rubro-negra, Rafinha anulou o gremista nesta noite.

E o Flamengo vai à sua segunda final de Libertadores após 38 anos com uma exibição memorável. Um futebol de um time que encaminha uma campanha dominante, voraz, sem medo, técnico, inteligente. Faltam palavras para descrever o que esse time fez no Maracanã nesta noite.

Renda:

Flamengo 5 x 0 Grêmio
Renda: 8.150.645,00
Público Presente: 69.981
Público Pagante: 63.409

Flamengo contra clubes argentinos em Libertadores:

10 jogos
5 vitórias
3 empates
2 derrotas
20 gols marcados
11 gols sofridos

Histórico de Flamengo x River Plate:

17 jogos
7 vitórias do Flamengo
4 empates
6 vitórias do River Plate
27 gols do Flamengo
23 gols do River Plate

- última vitória do Flamengo foi em 1993
- River não perde há 6 jogos (3v, 3e)

Em Libertadores:

4 jogos
2 vitórias do Flamengo
2 empates
9 gols do Flamengo
4 gols do River

Finais do Flamengo contra times argentinos:

❌ Independiente (2017 – Copa Sul-Americana)
❌ San Lorenzo (2001 – Copa Mercosul)
❌ Independiente (1995 – Supercopa)

Maiores goleadas do Flamengo em Libertadores (1960-2019):

8 x 2 Minervén-VEN (1993)
7 x 1 Blooming-BOL (1983)
6 x 1 San José-BOL (2019)
5 x 0 Grêmio (2019)
5 x 0 Deportivo Táchira-VEN (1991)
5 x 0 Santos (1984)
4 x 0 San Lorenzo-ARG (2017)

Maiores derrotas de Renato Gaúcho como técnico do Grêmio:

0 x 5 Flamengo (2019)
0 x 4 Coritiba (2013)
0 x 3 Sport (2016)
0 x 3 Cruzeiro (2013)
0 x 3 Oriente Petrolero-BOL (2011)
1 x 3 Flamengo (2019)
1 x 3 Palmeiras (2017)

0 komentar:

Postar um comentário

Assine nosso canal - Youtube

#VemComNós

Os maiores campeonatos do planeta você ouve aqui!

Parceiros

Resenha Esportiva