Ouça Na radiosnet

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Foto: site Vasco da Gama
Hoje é dia de futebol! Calma. É o FuteRetrô na Rádio Gama Esportiva. Com a narração de Christian Gama, o locutor que alegra a galera, vamos poder reviver e relembrar as emoções dessa que talvez tenha sido uma das mais importantes partidas que a torcida vascaína vivenciou. Será impossível não se emocionar novamente. 
Contra a sina de que todos os times fracassam em seus centenários, o Vasco da Gama foi à Guayaquil decidir um dos títulos mais importantes de sua história, a Libertadores da América.

E, com uma atuação brilhante, na base da força, o Vasco foi valente e conseguiu suportar a pressão, além do clima desfavorável, anulando as principais jogadas da equipe adversária e abrindo 2 a 0 ainda na primeira etapa. De Ávila chegou a diminuir o placar no segundo tempo, e o Barcelona iniciou uma reação, mas não deu mais tempo, o Vasco era o campeão!

Confira a campanha do Vasco na competição:

O Vasco estreou na edição de 1998 com uma derrota para o Grêmio no Grupo 2, que ainda contou com o Chivas Guadalajara e o América, ambos do México. Mas, no decorrer da primeira fase, o Cruzmaltino se recuperou e, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas, terminou na segunda colocação do grupo, atrás do Grêmio.

Nos mata-matas rumo à final, o Vasco deixou para trás nada menos do que os três campeões anteriores da Libertadores: o Cruzeiro (campeão de 1997) nas oitavas, o Grêmio (campeão de 1995) nas quartas e o River Plate (campeão de 1996) nas semifinais, com um gol do Juninho, MONUMENTAL!

No primeiro jogo da final, no dia 12 de agosto, o Vasco venceu por 2 a 0, em São Januário, com gols de Donizete e Luizão. E, há quase 22 anos, no dia 26 de agosto de 1998, o Vasco venceu por 2 a 1, em Guayaquil, novamente com gols de Luizão e Donizete, conquistando, assim, a tão sonhada Libertadores da América.

Ouça aqui:

Ao todo, em 14 jogos, foram sete vitórias, cinco empates e somente duas derrotas (ambas na primeira fase), com 17 gols marcados oito sofridos.

Ficha Técnica

BARCELONA-EQU 1 X 2 VASCO


Local: Engenheiro Isidro Romero, Guayaquil (EQU)

Data: 26/08/1998

Gols: Luizão, 24/1ºT (0-1); Donizete, 46/1ºT (0-2); De Ávila, 34/2ºT (1-2) 

Escalações:

VASCO: Carlos Germano, Vágner, Odvan, Mauro Galvão e Felipe; Luisinho (Vitor, 43/2ºT), Nasa, Juninho e Pedrinho (Ramon, 29/2ºT); Donizete e Luizão (Alex, 37/2ºT). Técnico: Antonio Lopes. 

BARCELONA: Cevallos, Gómez, Noriega, Montanero, Quiñonez e Fricson George; Carabali, Morales e Ascencio; De Ávila e Delgado. Técnico: Ruben Insua. 

Fonte: Vasco da Gama

0 komentar:

Postar um comentário

Assine nosso canal - Youtube

#VemComNós

Os maiores campeonatos do planeta você ouve aqui!

Parceiros

Resenha Esportiva