Ouça Na radiosnet

quinta-feira, 21 de maio de 2020

Episódio 3 - O Top 10 dos melhores goleiros brasileiros de todos os tempos

Confira no canal Resenha Online FC


1° Barbosa Começou a carreira como ponta-esquerda no extinto Comercial da Capital, mas transferiu-se já como goleiro ao CA Ypiranga do São Paulo. Destaque no Vasco participando do Expresso da Vitória. E titular inquestionável na Seleção Brasileira na copa de 1950.  Foto: site Vasco notícias 

2° Gylmar Fez história no Corinthians, Santos e principalmente na seleção brasileira. Em 1958, ajudou a Seleção Brasileira a conquistar a sua primeira Copa do Mundo. Em 1962, repetiu o feito conquistando sua segunda Copa do Mundo com a Seleção Brasileira. Foto: site Wikipedia  3° Manga Começou a carreira no Sport Recife. O pernambucano Manga foi o maior goleiro da história do Botafogo, onde jogou durante dez anos. Na seleção brasileira, disputou a Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra, como titular. Foto: diário Lance  4° Taffarel Pela Seleção Brasileira, Taffarel tem o maior número de jogos de um goleiro da história. Foram 123 aparições, com 113 jogos pela seleção principal. Taffarel sofreu 15 gols nos 18 jogos em que defendeu o Brasil nas Copas do Mundo. Seu grande ápice na Seleção Brasileira foi na Copa do Mundo de 1994. Foto: acervo CBF  5° Rogério Ceni Começou a carreira no Sinop. Rogério Fez parte do elenco vitorioso que ganhou vários títulos, comandado por Telê Santana. Em 1996 assumiu a titularidade do São Paulo. Recebeu por seis vezes o prêmio Bola de Prata, tornando-se o segundo maior jogador a receber esse prêmio. Maiores conquistas: Libertadores em 1993 e 2005; copa Intercontinental em 1993 e mundial de clubes da FIFA em 2005; Foto: Globoesporte.com   6° Dida Começou a carreira no Vitória-BA. Onde com 20 anos, se tornou o mais jovem ganhador do Prêmio Bola de Prata da Revista Placar e foi eleito o melhor goleiro do Brasileirão. Teve passagens vitoriosas por Cruzeiro, Corinthians, Milan e Grêmio. Participou de três Copas do Mundo: em 1998, 2002 e 2006. Foto: site Goal.com   7° Marcos Aos 18 anos, prestes a completar 19, estreou no time principal do Palmeiras em um amistoso contra a Esportiva Guaratinguetá no dia 16 de maio de 1992. No Palmeiras conquistou vários títulos, entre eles: a Libertadores de 99, o Brasileirão de 93 e 94 e a copa do Brasil em 98. Na seleção brasileira foi campeão do mundo em 2002. Foto: site Uol  8° Félix Profissionalizou-se no Juventus da Mooca. Na Lusa, Félix participou de 305 jogos, com 147 vitórias, 71 empates e 87 derrotas, além de ter um gol marcado. Chegou ao Fluminense por indicação de Telê Santana. Foi campeão brasileiro em 70. Pela Seleção Brasileira, disputou 48 partidas, participou do tri mundial na Copa do Mundo de 70. Foto: site Trivela  9° Castilho Jogou no Fluminense de 47 até 64, sagrando-se tricampeão carioca, campeão do Torneio Municipal do Rio e vencedor da Copa Rio de 1952. Ele entrou para a história como um goleiro "milagreiro", fazendo defesas quase impossíveis. Ele dizia ter uma inacreditável boa sorte. Participou ainda de quatro Copas do Mundo: 50, 54, e das conquistas de 58 e 62. Foto: site NetFlu  10° Carlos Germano No Vasco, Carlos Germano atingiu a marca de 933 minutos sem sofrer gols, entre 24 de Novembro de 91 e 27 de Setembro de 92, ficando em 65º na lista da IFFHS. Participou das conquistas do Brasileirão de 97 e Libertadores de 98. Na seleção brasileira,l disputou nove jogos, foi campeão da Copa América de 97 e disputou a Copa do Mundo de 1998. Foto: site 90min 

0 komentar:

Postar um comentário

Assine nosso canal - Youtube

#VemComNós

Os maiores campeonatos do planeta você ouve aqui!

Parceiros

Resenha Esportiva