Ouça Na radiosnet

quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Com algumas ressalvas pode-se dizer que o Vasco começou bem a partida e fez um bom primeiro tempo.
Foto: ge.com

Não foi um festival de chances criadas, mas todas as finalizações foram perigosas. Precisa trabalhar melhor a parte para não sofrer. A equipe errou muito na saída de bola. Fora isso vi segurança defensiva.

Ricardo Graça estava tendo dificuldades jogando torto. O Andrey estava aparecendo menos que o comum entre os zagueiros para buscar a bola. O Talles e Gabriel Pac, quando pegavam a bola de costas não estavam conseguindo dar sequência as jogadas.

Nunca critiquei

O iluminado Fellipe Bastos. Uma bola na trave e duas no gol. Não tenham dúvidas de que o Ramon tem dedo nisso aí. Bastos sempre teve essa característica, mas errava bastante também. Hoje é um cara que parece mais maduro nas decisões que toma em campo. Inclusive na falta.

Vasco fazendo um ótimo primeiro tempo. Time começou no estilo do Ramon, tentando propor e manter a bola na frente. Depois do primeiro gol marcou mais atrás e passou a sair nos contra-ataques.

Bastos e Benítez estavam sendo os destaques do primeiro tempo, algo bem diferente do panorama em 2020, quando Andrey muitas vezes carregava o meio sozinho. Inclusive, se o volante resolver manter seu nível de atuação, o time tem tudo para aumentar a vantagem. Talles precisava entrar no jogo.

Fim do primeiro tempo

O Vasco vencia o Sport por 2 a 0, em São Januário, com dois gols de Fellipe Bastos. Vasco estava bem organizado, com as linhas bem alinhadas e compactas. Mas poderia gostar mais da bola. O time de Ramon baixou a marcação e os pernambucanos terminaram a primeira etapa com 55% de posse de bola.

Segundo tempo

O Vasco começou bem, assim como no primeiro tempo, mas um lado negativo, falta resolver melhor a saída de bola. Sport mordia muito e o Vasco estava com dificuldades de achar a saída. Perdia a bola algumas vezes e isso dificultava a defesa, que não conseguia descansar. Precisava ajustar. Talvez aproximando mais o Andrey por ali.

Acredito que se Ramon trabalhar um pouco mais nisso, numa saída de bola com dois toques a lá Europa, o Vasco evoluiria demais e encaixaria de vez. O problema é que o time não tem ali na linha de defesa jogadores com muito nível técnico pra isso. Mas com treino incessante talvez pegariam confiança.

Benítez foi crucial no domínio e perigo do Vasco na partida. Armou, criou o primeiro gol, deu canetas e mostrou, pelo menos nesta partida, ao que veio. Jogador muito interessante se seguir nesta sequência e continuar encontrando a melhor forma física. Vai ajudar bastante.

Talles não foi bem. Mais uma vez. Em 2020 está devendo, é fato. Assim como é fato que estamos falando de um garoto de 18 anos e que precisa paciência. Porém, está claro que o jogador de 2019 ainda não apareceu nesta temporada.

Apesar de o Sport ter chegado, a dupla de zaga do Vasco, Ricardo e Castan, a proteção de Andrey e o “quase terceiro zagueiro Henrique” fizeram uma boa partida. Isso se traduz também nos números de Fernando Miguel: apenas uma defesa em mais de 90 minutos. Ponto positivo.

Fim de jogo - Vasco 2x0 Sport. Dois gols de Fellipe Bastos.

Boa estreia do Vasco no Campeonato Brasileiro. Desde 2011 o time não estreava no Brasileirão vencendo por dois gols de diferença.

0 komentar:

Postar um comentário

Assine nosso canal - Youtube

#VemComNós

Os maiores campeonatos do planeta você ouve aqui!

Parceiros

Resenha Esportiva