Ouça Na radiosnet

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

O presidente Rodolfo Landim determinou que o departamento de comunicação demitisse durante a tarde desta sexta-feira o funcionário Matheus Grangeiro, responsável pelas redes sociais do clube.

O motivo: a foto dos jogadores sem máscara no avião.


Vale ressaltar que o próprio presidente Landim normalizou a foto em declaração ao "Redação Sportv", nesta sexta. E vale registrar também que esta foto é de praxe em todas as viagens do Flamengo. O mesmo registro foi feito muitas vezes pelo fotógrafo oficial, Alexandre Vidal.


É padrão nas viagens do clube este tipo de registro, tanto nos vôos de ida para o local da partida quanto de volta para o Rio de Janeiro.


Na viagem de Guayaquil, Matheus desempenhou o papel de fotógrafo, além de abastecer as redes sociais.


A culpa é do fotógrafo? Do cara que administra as redes sociais? Ou é de quem deixou de orientar os jogadores para usarem  as máscaras? Presumo que isso não seja atribuição da comunicação do clube, e sim do Dept de Futebol. Patético, presidente Landim, aliás, nenhuma novidade!


O protocolo do Flamengo falhou provavelmente porque confiaram nos testes que toda a comunidade científica disse que não era para confiar. Passaram a acreditar que dava para se criar uma bolha com jogadores saindo e voltando do CT apenas com testes.


Se o protocolo fosse rigoroso nos ambientes controlado não teria havido um surto de casos de Covid no elenco. Para se ter tantos casos, é porque houve contato prolongado em ambiente não controlado.

Foto: Twitter do Flamengo



0 komentar:

Postar um comentário

Assine nosso canal - Youtube

#VemComNós

Os maiores campeonatos do planeta você ouve aqui!

Parceiros

Resenha Esportiva